Você pensou que só fez geléia?

O que vem à mente quando você fala em ‘cooperativa de mulheres’? Provavelmente um grupo de mulheres que fazem geleias e massas e as vendem no mercado. No entanto, essas comunidades onde as mulheres se reúnem são muito mais do que isso. Eles são os heróis mais importantes de milhares de anos de antiga tradição, cultura e ciclo de vida nesta terra. “As mulheres que produzem realmente servem à natureza. Nesta região, a cabeça de tudo relacionado ao meio ambiente e à cultura são as mulheres.

Enquanto tece o tapete, ela continua os motivos. Enquanto ele canta sua canção de ninar, ele continua sua história. É a mulher que também possui a semente. É a mulher que decide quando plantar essa semente. As mulheres não são apenas produtoras, mas naturalistas com sabedoria ancestral.” Dizendo estas palavras, a Presidente da Cooperativa de Cultura e Negócios do Meio Ambiente Feminino de Gökova, Çiğdem Ercan, resume o que as mulheres de sua cooperativa fazem: Elas combinam a riqueza da área de produção da região com o conhecimento do passado e os apresentam aos produtores. Dessa forma, garantem a continuidade da sociedade.

DO TRABALHO AO CARRINHO

O que me lembrou dessa diferença criada pela organização das mulheres foi o ‘Programa de Apoio às Cooperativas de Mulheres do Trabalho ao Cesto’. O programa, implementado em cooperação com a Visa, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e a Associação Habitat, apoia há um ano 14 cooperativas de mulheres. Para além do apoio financeiro prestado, prestam sobretudo formação em comércio online, vendas digitais e infraestruturas de websites. Desta forma, eles aumentaram tremendamente as capacidades dessas cooperativas. Quase todas iniciaram vendas nacionais e internacionais.

VENDAS AUMENTARAM 86 POR CENTO

Imagine que, graças a esse programa, houve um aumento de 86% nas vendas das cooperativas femininas. 93 por cento fizeram novas colaborações. No programa frequentado por mulheres de toda a Turquia, foram concedidos mais de 2 TL benefícios sociais para cada 1 TL investido.

No próximo ano, 12 novas cooperativas de mulheres vão aderir ao programa. O principal objetivo é que essas cooperativas cresçam e se expandam desenvolvendo colaborações entre si, em vez de vender separadamente. Criar um centro de atração para mulheres em sua região.

MULHERES FAZENDO A DIFERENÇA

Os valores que as mulheres produtoras incluídas no programa agregam à sociedade e as diferenças que criam são tão importantes… Por exemplo, aquelas que pegam o negócio de madrepérola, que é comum em Gaziantep, e o carregam a uma ampla gama de produtos… Aqueles que fazem mesas, cadeiras e espreguiçadeiras a partir de resíduos em Sakarya…

Aqueles que reanimam e vendem um tecido local moribundo em Erzurum… Aqueles que coletam plantas endêmicas das montanhas em Hakkari e as mantêm vivas… Portanto, são essas mulheres que mantêm nossos valores, tradições, conhecimentos e valores vivas e as levem para as gerações futuras…

Você acha que só faz geléia?

APOIO DO GOVERNO

Hoje, existem cerca de 950 cooperativas de mulheres na Turquia. Podemos dizer que é quase igualmente distribuído em todas as regiões. É claro que o apoio estável do Ministério da Agricultura e Florestas, do Ministério do Comércio e do Ministério da Família e Serviços Sociais por muitos anos desempenha um grande papel nisso. Por exemplo, o Ministério da Agricultura e o Ministério da Família vêm executando o projeto ‘Empoderamento da Mulher Através de Cooperativas’ há um ano.

Neste contexto, foi dada formação a 5.000 mulheres e 3.000 homens. Módulos de treinamento em vários assuntos, como branding, previdência social e direito cooperativo, foram concluídos em 30 províncias. A formação ministrada aos homens visa a aceitação da participação das mulheres em cooperativas. O Ministério do Comércio também vem prestando apoio financeiro às cooperativas formadas por mulheres e avaliando o trabalho feminino no âmbito do ‘Programa Cooperativo de Apoio’ há 3 anos.

PARA A IGUALDADE DE GÊNERO

O maior problema que surge na formação e desenvolvimento de cooperativas femininas é a perspectiva dos homens. Muitas mulheres precisam obter permissão dos homens de suas famílias para entrar nessas cooperativas. Portanto, essas cooperativas desempenham um papel preponderante para o acesso das mulheres à igualdade de oportunidades e oportunidades, sua inserção na vida empresarial e na sociedade, enfim, para a igualdade de gênero.

É exatamente por isso que o gerente geral da Visa Turquia, Merve Tezel, diz: “Acreditamos que quanto mais inclusiva for uma economia, mais os participantes dessa economia se desenvolverão e crescerão”, dizendo que pretendem capacitar as mulheres com este programa. “Estamos cientes de quão valioso é o emprego das mulheres para o crescimento sustentável e o desenvolvimento econômico”, diz Sezai Ready, Presidente do Conselho da Habitat Association, com quem conversei por telefone. Ela diz que as cooperativas são a oportunidade mais importante para encontrar uma solução para a baixa taxa de participação das mulheres na economia da Turquia.

Você acha que só faz geléia?

Sezai Ready, Presidente do Conselho da Associação Habitat

É exatamente por isso que o gerente geral da Visa Turquia, Merve Tezel, diz: “Acreditamos que quanto mais inclusiva for uma economia, mais os participantes dessa economia se desenvolverão e crescerão”, dizendo que pretendem capacitar as mulheres com este programa. “Estamos cientes de quão valioso é o emprego das mulheres para o crescimento sustentável e o desenvolvimento econômico”, diz Sezai Ready, Presidente do Conselho da Habitat Association, com quem conversei por telefone. Ela diz que as cooperativas são a oportunidade mais importante para encontrar uma solução para a baixa taxa de participação das mulheres na economia da Turquia.

QUE?

Bem, antes de encerrarmos, vamos fazer uma pergunta: é mais importante estabelecer uma cooperativa de mulheres, ou é ser mulher em uma cooperativa? Qual é mais eficaz? Significativo? Na minha opinião, a importância dos dois é diferente. 1º; É importante em termos de levar os valores, a cultura e a história adiante com o poder que surge do encontro das mulheres.

A segunda é; É importante que uma mulher seja membro de uma cooperativa com autoconfiança, para realizar seu despertar individual e igualdade social. Principalmente se ela participar da gestão da cooperativa, ela é tremendamente valiosa, pois vai inspirar inúmeras mulheres…

Leave a Comment