6. O Pacote Judicial foi apresentado ao Parlamento: O que contém o pacote?

O AKP apresentou o ‘Sexto Pacote Judicial’ ao Parlamento. Nesse sentido, são aumentadas as penalidades para os armazenistas e estão previstos os regulamentos que estipulam a venda de imóveis em cartório. Com o pacote judicial de 24 itens, os mandatos de juízes assistentes e promotores também estão sendo reorganizados.

Se inscrever

notícias do Google

O vice-presidente do Grupo AKP, Bülent Turan, anunciou que o 6º Pacote Judicial foi submetido à Presidência da Grande Assembleia Nacional Turca (TBMM).

Turan compartilhou em sua conta de mídia social com a hashtag “6º Pacote Judicial”, “Apresentamos nossa proposta com 24 artigos à Presidência da Grande Assembleia Nacional da Turquia, que inclui o agravamento das penas para a contratação de juízes assistentes e promotores, reais venda de imóveis por cartórios, influenciando os preços, evitando a venda de bens e serviços. Boa sorte. que assim seja”, disse.

ASSISTÊNCIA DO JUIZ E PROCURADOR

►Com a alteração introduzida na Lei dos Juízes e Procuradores, é introduzida a instituição dos juízes adjuntos e procuradores na magistratura. De acordo com a prática, que entrará em vigor em 1º de janeiro de 2023, a duração do juiz adjunto e do procurador será de 3 anos.

►Juiz adjunto e procurador consistirá no estágio básico, no mandato e no último estágio. A formação básica e a formação final serão ministradas pela Academia da Justiça Turca. O mandato será despendido efetivamente servindo nas autoridades judiciárias.

►Os deputados de juízes e procuradores receberão formação básica após a sua nomeação. Os juízes e procuradores-adjuntos serão submetidos a um exame escrito no final do período do ensino básico e serão classificados separadamente, começando pela pontuação mais elevada, de acordo com as suas pontuações. Em caso de empate, será dada prioridade ao que obtiver maior pontuação na prova escrita do concurso para juiz assistente e procurador. Se a igualdade persistir, a classificação será determinada por sorteio. De acordo com este despacho, serão nomeados juízes adjuntos e procuradores para as províncias ou distritos que escolherem entre as jurisdições de primeiro grau determinadas pelo Ministério da Justiça para cumprirem o seu mandato.

►Os deputados de juízes e procuradores também podem ser nomeados para os tribunais regionais de justiça ou tribunais administrativos regionais, o Tribunal de Cassação ou o Conselho de Estado durante o seu mandato. Juízes e promotores assistentes serão treinados duas vezes na Academia de Justiça da Turquia durante o seu mandato. Um exame escrito será realizado no final de cada treinamento intermediário.

►Os adjuntos de juízes e procuradores que tenham cumprido o seu mandato receberão formação final. Os juízes e procuradores-adjuntos que tenham concluído o último período de formação serão submetidos a provas escritas e orais. Para fazer o exame oral, a nota final do exame escrito e a nota final do exame escrito devem ser de pelo menos 70 separadamente.

►De acordo com os resultados do exame escrito do ensino básico e do ensino médio; Juízes e procuradores-adjuntos, que não tenham probabilidade de obter nota final igual ou superior a 70 valores no exame escrito, mesmo que obtenham nota máxima no último exame escrito, serão levados para o segundo exame escrito intercalar no prazo de 15 dias. De acordo com os resultados deste exame, aqueles que não tiverem uma pontuação final igual ou superior a 70 valores nas provas escritas serão desclassificados pelo Ministério da Justiça.

►Para ser considerado aprovado no final do gabinete do juiz adjunto e do Ministério Público, a soma de 50 por cento da nota final nas provas escritas, 25 por cento da nota da prova oral e 25 por cento da média aritmética das notas dadas durante o períodos de serviço e treinamento devem ser de pelo menos 70.

►Exames escritos; O exame será conduzido pelo presidente eleito pelo Presidente da Academia de Justiça da Turquia, entre os que ensinam os juízes assistentes e promotores, e a banca examinadora escrita composta por 4 membros titulares e 2 suplentes.

►Exame oral; Será realizado pelo júri de exame oral, que é presidido pelo Presidente da Academia da Justiça da Turquia, e é composto por 2 membros titulares e 1 suplente eleitos pelo vice-ministro relevante de entre aqueles que ensinam o Chefe do Conselho de Inspeção e o Diretor-Geral de Pessoal e os Juízes Adjuntos e Procuradores.

►Os que não forem aprovados no fim dos juízes adjuntos e procuradores podem ser nomeados para um cargo na classe dos serviços administrativos gerais da organização central ou provincial, se assim o solicitarem, caso contrário o juiz adjunto e o procurador dessas pessoas serão exonerados.

►Aos que se demitiram antes de completar o período de juiz adjunto e procurador, e os que completaram este período e foram admitidos à profissão sem trabalhar durante o período de desembargador e procurador, o valor do salário, subsídio, indemnização e todos os tipos de pagamentos a eles pagos durante este período, na proporção da parte que falta do serviço obrigatório. vai pagar o dobro.

DEVERES E AUTORIDADES DE JUÍZES E Promotores

A proposta determina os deveres e poderes do juiz e do procurador-adjunto.

►Assim, o juiz e o procurador-adjunto são responsáveis ​​por examinar e apresentar o processo ou documentos depositados pelo juiz no tribunal, auxiliando o juiz nos processos de audiência e instrução, verificando os documentos elaborados pela redação antes de serem apresentados ao juiz, elaborando as minutas de decisão finalizadas e fundamentadas, proferindo decisões provisórias. Será responsável por realizar as obras e negócios relacionados com a execução da lei e realizar pesquisas jurídicas sobre os assuntos solicitados pelo juiz. Essas pessoas também cumprirão outras atribuições especificadas na legislação e atribuições similares atribuídas pelo juiz.

►As funções do juiz e do procurador-adjunto no Gabinete do Procurador-Geral durante o seu mandato são: “Examinar e apresentar o processo ou documento depositado pelo procurador ao procurador; assistir o procurador nas matérias que se enquadrem no âmbito da o alcance do Ministério Público durante a fase de investigação e acusação; verificação dos documentos elaborados pela redação antes de serem apresentados ao Ministério Público; investigações”. Elaborar projetos de resolução sobre os documentos e formular pedidos de recursos judiciais durante a fase de investigação e ação penal, preparar todos os tipos de minutas de correspondência, realizar pesquisas jurídicas sobre os assuntos solicitados pelo Ministério Público e cumprir os deveres especificados na legislação e funções semelhantes atribuídas pelo procurador. vai ser.

►Os trabalhos e procedimentos que devem ser feitos exclusivamente pelo juiz ou procurador não podem ser realizados pelo juiz e pelo procurador-adjunto.

O FORMULÁRIO DE AVALIAÇÃO SERÁ ORGANIZADO

Sobre cada juiz e procurador-adjunto; Chefe do departamento relevante da Academia de Justiça da Turquia durante os períodos de treinamento; Durante o seu mandato, uma ficha de avaliação de 100 pontos será elaborada pelo juiz e procurador formador, pelo chefe de departamento ou pelo procurador, consoante o seu interesse no Supremo Tribunal e no Conselho de Estado.

Ao preparar este formulário, serão levados em consideração as habilidades e o sucesso do juiz e do procurador-adjunto no desempenho de suas funções, seu compromisso com seus deveres e progresso moral, habilidades de comunicação e habilidades de gerenciamento de estresse.

Será elaborado um formulário de avaliação pelo inspector no caso do pessoal do inspector, e pelo chefe do departamento no caso do Tribunal Constitucional, sobre o juiz e o procurador-adjunto.

Os formulários a serem elaborados serão enviados ao Ministério da Justiça e à Presidência da Comissão de Justiça, à Presidência do Tribunal Constitucional, à Primeira Presidência do Tribunal de Cassação e à Presidência do Conselho de Estado.

Entre os que obtiverem êxito no final do magistrado e do Ministério Público para fins de incentivo e recompensa, os que estiverem entre os três primeiros do ranking não serão incluídos no sorteio e poderão escolher na lista.

Juízes e promotores precisarão participar de pelo menos 3 programas de treinamento on-the-job para serem designados para a primeira turma.

Os programas de inspecção do Conselho de Inspecção do Conselho de Juízes e Procuradores e do Conselho de Inspecção do Ministério da Justiça serão organizados e implementados de forma a assegurar a inspecção no local, o mais tardar de 2 em 2 anos. Os cronogramas anuais de inspeção serão anunciados até o final da 2ª semana de janeiro de cada ano.

NOMEAÇÃO A TABELIÃO

►Com a proposta de “nomeação para cartórios notariais de primeira, segunda e terceira classe”, um notário que não pôde ser nomeado apesar do anúncio feito duas vezes; Entre os notários da classe alta ou da mesma classe, se não houver licitante dessas classes, a nomeação pode ser feita entre os notários da classe baixa, desde que haja parecer favorável no trabalho final.

►Para que as nomeações sejam feitas entre os cartórios da classe alta ou da mesma classe, não será necessário completar 2 anos no cartório.

►Com a proposta, fica também regulamentado o prazo de dispensa de nomeação para cartórios desocupados ou abertos. Os pedidos de dispensa dos candidatos que solicitarem nomeação ou transferência serão avaliados no processo de nomeação, desde que apresentados no prazo de um mês a contar da data do anúncio. Caso contrário, o pedido de opt-out não será considerado.

► Em caso de incumprimento da obrigação de posse do notário e sem motivo justificado, considera-se que o notário se demitiu. O notário iniciará a sua nova função no prazo de 1 mês a contar do anúncio da decisão sobre a nomeação ou transferência no site oficial do Ministério da Justiça. O título do notário sobre o local onde o notário nomeado ou cedido está a trabalhar cessará com a conclusão do processo de transferência e entrega a efectuar na presença do Ministério Público, sendo o título de notário do novo local adquiridos na data de início real.

►Será revogada a disposição segundo a qual o notário pode exercer o seu direito de desistência antes da notificação da decisão de nomeação.

►Os regulamentos sobre notários entrarão em vigor em 1 de janeiro de 2023.

Acesse nosso canal do YouTube para notícias em vídeo. se inscrever

Leave a Comment